Declaração de proteção de dados (versão: 12/2017)

Ficamos muito satisfeitos com o seu interesse pela nossa empresa. A proteção de dados tem uma importância particularmente elevada para as entidades gestoras da UVEX WINTER HOLDING GmbH & Co. KG e respetivas empresas afiliadas (doravante estas empresas são designadas na sua totalidade por "Grupo Uvex").

Por norma, é possível utilizar as páginas de Internet do Grupo Uvex sem qualquer especificação dos dados pessoais. No entanto, se um titular de dados pretender utilizar serviços específicos da nossa empresa através da nossa página de Internet, poderá ser necessário o tratamento de dados pessoais. Se o tratamento de dados pessoais for necessário e não existir qualquer base jurídica para tal tratamento, solicitamos geralmente um consentimento do titular dos dados.

O tratamento de dados pessoais, tais como o nome, a morada, o endereço de e-mail ou o número de telefone de um titular de dados, é sempre realizado de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) e em conformidade com os regulamentos de proteção de dados específicos do país vigentes para o Grupo Uvex. Por meio desta declaração de proteção de dados, a nossa empresa pretende informar o público sobre o tipo, a extensão e a finalidade dos dados pessoais que recolhemos, utilizamos e tratamos. Além disso, esta declaração de proteção de dados esclarece os titulares dos dados sobre os direitos que lhes são concedidos.

Enquanto responsável pelo tratamento, o Grupo Uvex adotou várias medidas técnicas e organizacionais para garantir uma proteção tão completa quanto possível dos dados pessoais tratados através desta página de Internet. Contudo, as transferências de dados baseadas na Internet podem ter sempre falhas de segurança, pelo que não é possível garantir uma proteção absoluta. Por este motivo, fica ao critério de cada titular de dados transmitir-nos os dados pessoais também através de meios alternativos como, por exemplo, por telefone.

1. Definições

A declaração de proteção de dados do Grupo Uvex baseia-se nos conceitos que foram utilizados pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus aquando da adoção do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD). A nossa declaração de proteção de dados deve ser de leitura e compreensão fáceis tanto para o público como também para os nossos clientes e parceiros comerciais. Para tal, pretendemos esclarecer previamente os conceitos utilizados.

Nesta declaração de proteção de dados, utilizamos, entre outros, os seguintes termos:

a) Dados pessoais

Os dados pessoais são todas as informações que dizem respeito a uma pessoa singular identificada ou identificável (daqui em diante "titular dos dados"). É considerada identificável uma pessoa singular que possa ser identificada, direta ou indiretamente, em especial por referência a um identificador, como um nome, um número de identificação, dados de localização, um identificador por via eletrónica ou a um ou mais elementos específicos da identidade física, fisiológica, genética, mental, económica, cultural ou social dessa pessoa singular.

b) Titular dos dados

O titular dos dados é qualquer pessoa singular identificada ou identificável, cujos dados pessoais são tratados pelo responsável pelo tratamento.

c) Tratamento

O tratamento corresponde a qualquer operação ou conjunto de operações sobre dados pessoais, efetuadas com ou sem meios automatizados, tais como a recolha, o registo, a organização, a estruturação, a conservação, a adaptação ou alteração, a recuperação, a consulta, a utilização, a divulgação por transmissão, difusão ou qualquer outra forma de disponibilização, a comparação ou interligação, a restrição, a eliminação ou a destruição.

d) Limitação do tratamento

A limitação do tratamento consiste na inserção de uma marca nos dados pessoais conservados com o objetivo de restringir o seu tratamento no futuro.

e) Definição de perfis

A definição de perfis corresponde a qualquer forma de tratamento automatizado de dados pessoais que consista em utilizar esses dados pessoais para avaliar certos aspetos pessoais de uma pessoa singular, sobretudo para analisar ou prever aspetos relacionados com o desempenho profissional, a situação económica, saúde, preferências pessoais, interesses, fiabilidade, comportamento, localização ou deslocações dessa pessoa singular.

f) Pseudonimização

A pseudonimização corresponde ao tratamento de dados pessoais de forma que deixem de poder ser atribuídos a um titular de dados específico sem recorrer a informações adicionais, desde que essas informações adicionais sejam mantidas separadamente e estejam sujeitas a medidas técnicas e organizacionais para assegurar que os dados pessoais não possam ser atribuídos a uma pessoa singular identificada ou identificável.

g) Responsável ou responsável pelo tratamento

O responsável ou responsável pelo tratamento é a pessoa singular ou coletiva, autoridade pública, agência ou qualquer outro organismo que, individualmente ou em conjunto com outrem, determina as finalidades e os meios desse tratamento dos dados pessoais. Se as finalidades e os meios deste tratamento forem determinados pelo direito da União ou dos Estados-Membros, o responsável ou determinados critérios da sua nomeação pode(m) ser previsto(s) de acordo com o direito da União ou dos Estados-Membros.

h) Subcontratante

O subcontratante é uma pessoa singular ou coletiva, autoridade pública, agência ou qualquer outro organismo que trate os dados pessoais por conta do responsável.

i) Destinatário

O destinatário é uma pessoa singular ou coletiva, autoridade pública, agência ou qualquer outro organismo a quem os dados pessoais sejam divulgados, independentemente de se tratar ou não de um terceiro. No entanto, as autoridades públicas que possam receber dados pessoais no âmbito de inquéritos específicos nos termos do direito da União ou dos Estados-Membros não são consideradas destinatários.

j) Terceiro

O terceiro é uma pessoa singular ou coletiva, autoridade pública, agência ou qualquer outro organismo além do titular dos dados, do responsável, do subcontratante e das pessoas que, sob a autoridade direta do responsável ou do subcontratante, estão autorizadas a tratar os dados pessoais. Em relação a uma empresa do Grupo Uvex, as empresas afiliadas a esta empresa não são consideradas como um terceiro.

k) Consentimento

O consentimento é qualquer manifestação de vontade, livre, específica, informada e explícita, pela qual o titular dos dados aceita, mediante uma declaração ou uma outra ação afirmativa inequívoca, que os dados pessoais que lhe dizem respeito sejam objeto de tratamento.

2. Nome e endereço do responsável pelo tratamento

O responsável para efeitos do Regulamento Geral de Proteção de Dados, de outras leis de proteção de dados vigentes nos Estados-Membros da União Europeia e de outros regulamentos com um caráter relacionado com a legislação de proteção de dados é:

UVEX WINTER HOLDING GmbH & Co. KG

Würzburger Straße 181
90766 Fürth
Alemanha

Tel.: 49(0)911-9736-1592
E-mail: O.Roth@uvex.de
Website: www.uvex.de

3. Nome e endereço do responsável pela proteção de dados

O responsável pela proteção de dados para as empresas do Grupo Uvex é:

Otto Roth
UVEX WINTER HOLDING GmbH & Co. KG
Würzburger Straße 181
90766 Fürth
Alemanha

Tel.: + 49(0)911-9736-1592
E-mail: O.Roth@uvex.de
Website: www.uvex.de

Qualquer titular de dados pode, em qualquer momento, contactar diretamente o nosso responsável pela proteção de dados com todas as questões e sugestões relativas à proteção de dados.

4. Cookies

As páginas de Internet do Grupo Uvex utilizam cookies. Os cookies são ficheiros de texto que são arquivados e guardados num sistema informático através de um navegador da Internet.

Várias páginas de Internet e servidores utilizam cookies. Muitos cookies contêm um chamado ID de cookie. Um ID de cookie é um identificador exclusivo do cookie. Este é composto por uma cadeia de carateres, através da qual as páginas de Internet e os servidores podem ser atribuídos ao navegador da Internet específico em que o cookie foi guardado. Tal permite às páginas de Internet visitadas e aos servidores diferenciar o navegador individual do titular dos dados de outros navegadores da Internet que contenham outros cookies. Um navegador da Internet específico pode ser reconhecido e identificado através do ID de cookie exclusivo.

Através da utilização de cookies, o Grupo Uvex pode fornecer aos utilizadores desta página de Internet serviços mais acessíveis aos mesmos que não seriam possíveis sem a colocação do cookie.

Através de um cookie, é possível otimizar as informações e ofertas da nossa página de Internet em função do utilizador. Os cookies permitem-nos, como já foi mencionado, reconhecer os utilizadores da nossa página de Internet. O objetivo deste reconhecimento é facilitar aos utilizadores a utilização da nossa página de Internet. Por exemplo, o utilizador de uma página de Internet que utilize cookies não tem de voltar a introduzir os seus dados de acesso sempre que visite a página de Internet, visto que tal é assumido pela página de Internet e pelo cookie arquivado no sistema informático do utilizador. Outro exemplo é o cookie de um carrinho de compras numa loja online. A loja online memoriza os artigos que um cliente colocou no carrinho de compras virtual através de um cookie.

O titular dos dados pode impedir, em qualquer momento, a colocação de cookies através da nossa página de Internet por meio de uma definição correspondente do navegador da Internet utilizado, e opor-se assim de forma permanente à colocação de cookies. Além disso, é possível eliminar, em qualquer momento, cookies já colocados através de um navegador da Internet ou de outros programas de software. Tal é possível em todos os navegadores da Internet habituais. Se o titular dos dados desativar a colocação de cookies no navegador da Internet utilizado, poderá eventualmente não ser possível utilizar plenamente todas as funções da nossa página de Internet.

5. Recolha de dados e informações gerais

As páginas de Internet do Grupo Uvex recolhem uma série de dados e informações gerais em cada visita às páginas de Internet por parte de um titular de dados ou de um sistema automatizado. Estes dados e informações gerais são guardados nos ficheiros de registo do servidor ("log files"). Podem ser recolhidos (1) os tipos e as versões de navegadores utilizados, (2) o sistema operativo utilizado pelo sistema de acesso, (3) a página de Internet a partir da qual um sistema de acesso chegou à nossa página de Internet (os chamados referenciadores), (4) as subpáginas que são controladas através de um sistema de acesso na nossa página de Internet, (5) a data e a hora de um acesso à página de Internet, (6) um endereço de protocolo de Internet (endereço IP), (7) o fornecedor de serviços de Internet do sistema de acesso e (8) outros dados e informações semelhantes que servem para afastar o perigo no caso de ataques aos nossos sistemas de tecnologia da informação.

Ao utilizar estes dados e informações gerais, o Grupo Uvex não retira quaisquer conclusões sobre o titular dos dados. Estas informações são necessárias para (1) fornecer corretamente os conteúdos da nossa página de Internet, (2) otimizar os conteúdos da nossa página de Internet e também a respetiva publicidade, (3) garantir a funcionalidade a longo prazo dos nossos sistemas de tecnologia da informação e da tecnologia da nossa página de Internet e (4) fornecer às autoridades responsáveis pela aplicação da lei as informações necessárias para a aplicação da lei no caso de um ciberataque. Estes dados e informações recolhidos de forma anónima são assim analisados pelo Grupo Uvex, por um lado, estatisticamente, mas também com o objetivo de aumentar a proteção de dados e a segurança dos dados na nossa empresa para garantir, em última instância, um nível de proteção otimizado dos dados pessoais tratados por nós. Os dados anónimos dos ficheiros de registo do servidor são guardados separadamente de todos os dados pessoais fornecidos por um titular de dados.

6. Registo na nossa página de Internet

O titular dos dados tem a possibilidade de se registar na página de Internet do responsável pelo tratamento com a indicação de dados pessoais. A máscara de entrada utilizada para o registo determina que dados pessoais são assim transmitidos ao responsável pelo tratamento. Os dados pessoais fornecidos pelo titular dos dados são recolhidos e guardados exclusivamente para a utilização interna pelo responsável pelo tratamento e para os seus próprios fins. O responsável pelo tratamento pode solicitar a transferência para um ou mais subcontratantes, por exemplo, um serviço de encomendas, que utilizará os dados pessoais também exclusivamente para uma utilização interna atribuível ao responsável pelo tratamento.

Através de um registo na página de Internet do responsável pelo tratamento, o endereço IP atribuído ao titular dos dados pelo fornecedor de serviços de Internet (ISP), a data e a hora do registo são também guardados. O armazenamento destes dados é realizado tendo em conta que só assim é possível evitar a utilização indevida dos nossos serviços e que estes dados permitem, se necessário, esclarecer infrações cometidas. A este respeito, o armazenamento destes dados é necessário para a proteção do responsável pelo tratamento. Em princípio, não é realizada uma transferência destes dados a terceiros, a não ser que exista qualquer obrigação jurídica para a transferência ou se a transferência servir para a aplicação da lei.

O registo do titular dos dados, com indicação voluntária dos dados pessoais, serve para que o responsável pelo tratamento possa fornecer conteúdos ou serviços ao titular dos dados, que só podem ser oferecidos aos utilizadores registados devido à natureza do assunto em questão. As pessoas registadas têm a possibilidade de alterar, em qualquer momento, os dados pessoais fornecidos aquando do registo ou solicitar a sua eliminação completa da base de dados do responsável pelo tratamento.

O responsável pelo tratamento informa, em qualquer momento e mediante pedido, o titular dos dados sobre que dados pessoais são guardados sobre o mesmo. Além disso, o responsável pelo tratamento corrige ou elimina dados pessoais mediante pedido ou indicação por parte do titular dos dados, desde que não se apliquem quaisquer obrigações de conservação legais que impeçam o mesmo. Um responsável pela proteção de dados especificamente designado nesta declaração de proteção de dados e a totalidade dos colaboradores do responsável pelo tratamento colocam-se à disposição do titular dos dados a este respeito enquanto pessoas de contacto.

7. Subscrição da nossa newsletter

Nas páginas de Internet do Grupo Uvex, é concedida aos utilizadores a possibilidade de subscrever a newsletter da nossa empresa. A máscara de entrada utilizada para o efeito determina que dados pessoais são transmitidos ao responsável pelo tratamento aquando da subscrição da newsletter.

O Grupo uvex informa periodicamente os seus clientes e parceiros comerciais sobre as ofertas da empresa através de uma newsletter. Por norma, a newsletter da nossa empresa só poderá ser recebida pelo titular dos dados (1) se o titular dos dados tiver um endereço de e-mail válido e (2) se o titular dos dados se registou para o envio da newsletter. Por razões legais, aplica-se o processo "double opt-in" de dupla verificação, sendo enviado um e-mail de confirmação para o endereço de e-mail registado pela primeira vez pelo titular dos dados para fins de envio da newsletter. Este e-mail de confirmação serve para verificar se o titular do endereço de e-mail, enquanto titular dos dados, autorizou o envio da newsletter.

No registo para a newsletter, guardamos também o endereço IP atribuído pelo fornecedor de serviços de Internet (ISP) do sistema informático utilizado pelo titular dos dados no momento do registo, bem como a data e a hora do registo. A recolha destes dados é necessária para se poder compreender uma (possível) utilização indevida do endereço de e-mail de um titular de dados numa altura posterior e serve, consequentemente, para a proteção jurídica do responsável pelo tratamento.

Os dados pessoais recolhidos no âmbito de um registo para a newsletter são utilizados exclusivamente para o envio da nossa newsletter. Além disso, os subscritores da newsletter poderão ser informados por e-mail, desde que tal seja necessário para a operação do serviço de newsletter ou um registo neste sentido, tal como poderia ser o caso na eventualidade de alterações na oferta da newsletter ou de alteração das condições técnicas. Não ocorre qualquer transferência dos dados pessoais recolhidos a terceiros no âmbito do serviço de newsletter. A subscrição da nossa newsletter pode ser cancelada, em qualquer momento, pelo titular dos dados. O consentimento para o armazenamento de dados pessoais, que o titular dos dados nos concedeu para o envio de newsletter, pode ser revogado em qualquer momento. Para efeitos de revogação do consentimento, existe uma respetiva ligação em cada newsletter. Além disso, existe também a possibilidade de anular a subscrição do envio da newsletter, em qualquer momento, diretamente na página de Internet do responsável pelo tratamento, ou de comunicar o mesmo ao responsável pelo tratamento de outra forma.

8. Rastreamento da newsletter

As newsletters do Grupo Uvex contêm os chamados píxeis de rastreamento ("tracking pixels"). Um píxel de rastreamento é um gráfico em miniatura, incorporado em e-mails que são enviados em formato HTML, para permitir um registo e uma análise de ficheiros de registo. Desta forma, é possível realizar uma avaliação estatística do sucesso ou insucesso das campanhas de marketing online. Com base no píxel de rastreamento incorporado, o Grupo Uvex pode identificar se e quando foi aberto um e-mail por um titular de dados, e que ligações no e-mail foram acedidas pelo mesmo.

Esses dados pessoais recolhidos através dos píxeis de rastreamento incorporados nas newsletters são guardados e analisados pelo responsável pelo tratamento, ou pelos seus subcontratantes, para otimizar o envio da newsletter e adaptar o conteúdo de futuras newsletters ainda melhor aos interesses do titular dos dados. Os titulares dos dados estão autorizados a revogar, em qualquer momento, a respetiva declaração de consentimento separada e efetuada através do processo "double opt-in" de dupla verificação. Após uma revogação, estes dados pessoais são eliminados pelo responsável pelo tratamento. Um cancelamento de receção da newsletter é interpretado automaticamente pelo Grupo Uvex como uma revogação.

9. Possibilidade de contacto através da página de Internet

Com base nas disposições legais, as páginas de Internet do Grupo Uvex contêm informações que permitem um contacto eletrónico rápido com a nossa empresa, bem como uma comunicação direta connosco, o que também inclui um endereço geral do chamado correio eletrónico (endereço de e-mail). Se um titular de dados contactar o responsável pelo tratamento por e-mail ou através de um formulário de contacto, os dados pessoais transmitidos pelo titular dos dados são automaticamente guardados. Esses dados pessoais transmitidos voluntariamente por um titular de dados ao responsável pelo tratamento são guardados para fins de processamento ou de contacto com o titular dos dados. Não ocorre qualquer transferência destes dados pessoais a terceiros.

10. Função de comentários no blogue da página de Internet

O Grupo uvex oferece aos utilizadores a possibilidade de deixar comentários individuais relativamente a publicações individuais no blogue que se encontra na página de Internet do responsável pelo tratamento. Geralmente, um blogue é um portal publicamente acessível, estabelecido numa página de Internet, no qual uma ou mais pessoas, designadas por bloguistas ou bloguistas web, podem publicar artigos ou escrever pensamentos nos chamados artigos de blogue. Normalmente, os artigos de blogue podem ser comentados por terceiros.

Se um titular de dados deixar um comentário no blogue publicado nesta página de Internet, são também guardados e publicados, além dos comentários deixados pelo titular dos dados, informações sobre o momento de introdução do comentário e o nome de utilizador (pseudónimo) selecionado pelo mesmo. Além disso, o endereço IP atribuído ao titular dos dados pelo fornecedor de serviços de Internet (ISP) é também registado. Este armazenamento do endereço IP é realizado por motivos de segurança e para o caso de o titular dos dados infringir os direitos de terceiros através de um comentário publicado ou publicar conteúdos ilegais. O armazenamento destes dados pessoais é assim realizado no próprio interesse do responsável pelo tratamento, para que se possa eximir no caso de uma infração, se necessário. Não ocorre qualquer transferência destes dados pessoais recolhidos a terceiros, a não ser que seja legalmente exigida uma tal transferência ou se servir para a defesa jurídica do responsável pelo tratamento.

11. Eliminação e bloqueio de rotina dos dados pessoais

O responsável pelo tratamento processa e guarda dados pessoais do titular dos dados apenas durante o período de tempo necessário para a realização da finalidade de armazenamento, ou desde que tal tenha sido previsto pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus ou por outro legislador em leis ou disposições às quais o responsável pelo tratamento está sujeito.

Se a finalidade de armazenamento deixar de se aplicar ou se expirar um período de armazenamento estipulado pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus ou por outro legislador competente, os dados pessoais são bloqueados ou eliminados de forma rotineira e de acordo com as disposições legais.

12. Direitos do titular dos dados

a) Direito de confirmação

Qualquer titular de dados tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de solicitar uma confirmação por parte do responsável pelo tratamento sobre se os seus dados pessoais são tratados. Se um titular de dados pretender utilizar este direito de confirmação, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento.

b) Direito de acesso

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de receber, gratuitamente e em qualquer momento, informações sobre os seus dados pessoais guardados e uma cópia destas informações por parte do responsável pelo tratamento. Além disso, os organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus concederam ao titular dos dados acesso às seguintes informações:

  • As finalidades de tratamento
  • As categorias de dados pessoais que são tratados
  • Os destinatários ou as categorias de destinatários a quem os dados pessoais foram ou ainda serão divulgados, especialmente no caso de destinatários em países terceiros ou no caso de organizações internacionais
  • Se possível, o período previsto durante o qual os dados pessoais são guardados ou, se tal não for possível, os critérios para a determinação deste período
  • A existência de um direito de retificação ou eliminação dos seus dados pessoais ou à limitação do tratamento pelo responsável, ou de um direito de objeção a este tratamento
  • A existência de um direito de recurso numa autoridade de supervisão
  • Se os dados pessoais não forem recolhidos junto do titular dos dados: todas as informações disponíveis sobre a origem dos dados
  • A existência de um processo de decisão automatizado, incluindo a definição de perfis, de acordo com o artigo 22.º, n.º 1 e n.º 4, do RGPD, e, pelo menos nestes casos, informações pertinentes sobre a lógica envolvida, bem como a dimensão e os efeitos pretendidos de um tratamento deste tipo para o titular dos dados

Além disso, o titular dos dados tem um direito de acesso para saber se os dados pessoais foram transmitidos a um país terceiro ou a uma organização internacional. Se for esse o caso, o titular dos dados tem também o direito de receber informações sobre as garantias adequadas relacionadas com a transmissão.

Se um titular de dados pretender utilizar este direito de acesso, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento.

c) Direito de retificação

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de solicitar a retificação imediata dos seus dados pessoais incorretos. Além disso, o titular dos dados tem o direito de solicitar, tendo em conta os fins de tratamento, o preenchimento de dados pessoais incompletos, também através de uma declaração complementar.

Se um titular de dados pretender utilizar este direito de retificação, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento.

d) Direito à eliminação (direito a ser esquecido)

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de solicitar ao responsável que os seus dados pessoais sejam imediatamente eliminados, se se aplicar uma das seguintes razões e desde que o tratamento não seja necessário:

  • Os dados pessoais foram recolhidos para fins ou tratados de outra forma para os quais já não são necessários.
  • O titular dos dados revoga o seu consentimento no qual se baseia o tratamento de acordo com o artigo 6.º, n.º 1, alínea a), do RGPD ou o artigo 9.º, n.º 2, alínea a), do RGPD, e devido à falta de outra base jurídica para o tratamento.
  • O titular dos dados apresenta uma objeção ao tratamento de acordo com o artigo 21.º, n.º 1, do RGPD e não há quaisquer razões legítimas imperiosas para o tratamento, ou o titular dos dados apresenta uma objeção ao tratamento de acordo com o artigo 21.º, n.º 2, do RGPD.
  • Os dados pessoais foram tratados ilegalmente.
  • A eliminação dos dados pessoais é necessária para o cumprimento de uma obrigação jurídica de acordo com o direito da União ou dos Estados-Membros, ao qual o responsável está sujeito.
  • Os dados pessoais foram recolhidos em relação a serviços oferecidos da sociedade da informação de acordo com o artigo 8.º, n.º 1, do RGPD.

Se se aplicar uma das razões supracitadas e um titular de dados pretender solicitar a eliminação de dados pessoais guardados pelo Grupo Uvex, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento. O responsável pela proteção de dados do Grupo Uvex ou outro colaborador deve tomar providências para que a solicitação de eliminação seja imediatamente cumprida.

Se os dados pessoais tiverem sido divulgados pelo Grupo Uvex e a nossa empresa estiver obrigada enquanto responsável, de acordo com o artigo 17.º, n.º 1, do RGPD, a eliminar os dados pessoais, o Grupo Uvex toma medidas adequadas, tendo em conta a tecnologia disponível e os custos de implementação, incluindo medidas de tipo técnico, para informar outros responsáveis pelo tratamento de dados, que tratem os dados pessoais divulgados, que o titular dos dados solicitou a eliminação de todas as ligações para estes dados pessoais ou de cópias ou réplicas destes dados pessoais por parte destes outros responsáveis pelo tratamento de dados, desde que o tratamento não seja necessário. O responsável pela proteção de dados do Grupo Uvex ou outro colaborador deve tomar as providências necessárias caso a caso.

e) Direito à limitação do tratamento

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de solicitar ao responsável a limitação do tratamento mediante uma das seguintes condições:

  • A precisão dos dados pessoais é contestada pelo titular dos dados, aplicando-se isto a um período que permita ao responsável verificar a precisão dos dados pessoais.
  • O tratamento é ilegal e o titular dos dados opõe-se à eliminação dos dados pessoais, solicitando em vez disso a limitação da utilização dos dados pessoais.
  • O responsável já não precisa dos dados pessoais para os fins de tratamento, embora o titular dos dados precise dos mesmos para a aplicação, o exercício ou a defesa de ações judiciais.
  • O titular dos dados apresentou uma objeção ao tratamento de acordo com o artigo 21.º, n.º 1, do RGPD e ainda não é claro se as razões legítimas do responsável se sobrepõem às do titular dos dados.

Se se aplicar uma das condições supracitadas e um titular de dados pretender solicitar a limitação de dados pessoais guardados pelo Grupo Uvex, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento. O responsável pela proteção de dados do Grupo Uvex ou outro colaborador deve tomar providências para a limitação do tratamento.

f) Direito de portabilidade dos dados

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de receber os seus dados pessoais, que ele próprio disponibilizou a um responsável, num formato estruturado, convencional e legível por máquinas. Além disso, tem o direito de transmitir estes dados a outro responsável sem impedimento por parte do responsável a quem os dados pessoais foram disponibilizados, desde que o tratamento se baseie no consentimento de acordo com o artigo 6.º, n.º 1, alínea a), do RGPD ou o artigo 9.º, n.º 2, alínea a), do RGPD, ou num contrato de acordo com o artigo 6.º, n.º 1, alínea b), do RGPD, e o tratamento seja realizado com ajuda de meios automatizados, desde que o tratamento não seja necessário para o exercício de uma tarefa que seja do interesse público ou realizada no exercício da autoridade pública, que tenha sido transmitida ao responsável.

Além disso, o titular dos dados tem o direito de conseguir, aquando do exercício do seu direito de portabilidade dos dados de acordo com o artigo 20.º, n.º 1, do RGPD, que os dados pessoais sejam transmitidos diretamente de um responsável para outro responsável, desde que tal seja tecnicamente exequível e não comprometa os direitos e as liberdades de outras pessoas.

Para a aplicação do direito de portabilidade dos dados, o titular dos dados pode contactar, em qualquer momento, o responsável pela proteção de dados nomeado pelo Grupo Uvex ou outro colaborador.

g) Direito de objeção

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de apresentar, por razões que resultem da sua situação específica e em qualquer momento, uma objeção ao tratamento dos seus dados pessoais realizado com base no artigo 6.º, n.º 1, alíneas e) ou f), do RGPD. Tal também se aplica a uma definição de perfis baseada nestes regulamentos.

Em caso de objeção, o Grupo Uvex cessa o tratamento dos dados pessoais, a menos que possamos demonstrar razões legítimas imperiosas para o tratamento que se sobreponham aos interesses, direitos e liberdades do titular dos dados, ou se o tratamento servir para a aplicação, o exercício ou a defesa de ações judiciais.

Se o Grupo Uvex tratar dados pessoais para realizar publicidade direta, o titular dos dados tem o direito de apresentar, em qualquer momento, uma objeção ao tratamento dos dados pessoais para efeitos de publicidade deste tipo. Tal também se aplica à definição de perfis, desde que esteja relacionada com essa publicidade direta. Se o titular dos dados apresentar uma objeção ao tratamento por parte do Grupo Uvex para fins de publicidade direta, o Grupo Uvex cessa o tratamento dos dados pessoais para estes fins.

Além disso, o titular dos dados tem o direito, por razões que resultem da sua situação específica, de apresentar uma objeção ao tratamento dos seus dados pessoais, realizado pelo Grupo Uvex para efeitos de pesquisa científicos ou históricos ou para fins estatísticos de acordo com o artigo 89.º, n.º 1, do RGPD, a menos que seja necessário um tal tratamento para o cumprimento de uma tarefa associada ao interesse público.

Para o exercício do direito de objeção, o titular dos dados pode contactar diretamente o responsável pela proteção de dados do Grupo Uvex ou outro colaborador. Fica também ao critério do titular dos dados, no contexto de utilização de serviços da sociedade da informação, não obstante a Diretiva 2002/58/CE, exercer o seu direito de objeção através de meios automatizados nos quais são utilizadas especificações técnicas.

h) Decisões automatizadas em casos individuais, incluindo a definição de perfis

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de não estar sujeito a uma decisão baseada exclusivamente num tratamento automatizado, incluindo a definição de perfis, que produz efeito legal para si ou o afeta substancialmente de modo semelhante, desde que a decisão (1) não seja necessária para a conclusão ou o cumprimento de um contrato entre o titular dos dados e o responsável, ou (2) seja autorizada com base na legislação da União ou dos Estados-Membros, à qual o responsável está sujeito, e esta legislação incluir medidas adequadas para a proteção dos direitos e liberdades, bem como dos interesses legítimos do titular dos dados ou (3) seja tomada com o consentimento expresso por parte do titular dos dados.

Se a decisão (1) for necessária para a conclusão ou o cumprimento de um contrato entre o titular dos dados e o responsável ou (2) for tomada com o consentimento expresso por parte do titular dos dados, o Grupo Uvex toma medidas adequadas para preservar os direitos e as liberdades, bem como os interesses legítimos do titular dos dados, o que inclui, pelo menos, o direito de obter a intervenção de uma pessoa por parte do responsável, expressar o seu próprio ponto de vista e contestar a decisão.

Se o titular dos dados pretender reivindicar direitos relativos a decisões automatizadas, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento.

i) Direito de revogação de um consentimento relativo às leis de proteção de dados

Qualquer titular de dados sujeito ao tratamento de dados pessoais tem o direito, concedido pelos organismos que emitem diretivas e regulamentos europeus, de revogar, em qualquer momento, um consentimento de tratamento de dados pessoais.

Se o titular dos dados pretender reivindicar o seu direito de revogação de um consentimento, pode contactar para o efeito, em qualquer momento, o nosso responsável pela proteção de dados ou outro colaborador do responsável pelo tratamento.

13. Proteção de dados para candidaturas e processos de candidatura

O responsável pelo tratamento recolhe e trata os dados pessoais dos candidatos para efeitos de processamento do processo de candidatura. O tratamento também pode ser realizado por meios eletrónicos. Este é o caso, em particular, se um candidato transmitir ao responsável pelo tratamento os documentos de candidatura correspondentes por meios eletrónicos como, por exemplo, por e-mail ou através de um formulário web na página de Internet. Se o responsável pelo tratamento celebrar um contrato de trabalho com um candidato, os dados transmitidos são guardados para efeitos de processamento da relação de trabalho, sob consideração das disposições legais. Se o responsável pelo tratamento não celebrar um contrato de trabalho com o candidato, os documentos de candidatura serão automaticamente eliminados dois meses após a notificação da decisão de recusa, a não ser que se tenham oposto quaisquer outros interesses legítimos do responsável pelo tratamento a uma eliminação ou o candidato tiver concordado com um armazenamento mais prolongado até, no máximo, 6 meses após a notificação da decisão de recusa. Neste sentido, outro interesse legítimo corresponde, por exemplo, a um ónus da prova num processo de acordo com a Lei Geral sobre a Igualdade de Tratamento (AGG).

14. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do etracker

O responsável pelo tratamento integrou componentes da empresa etracker nesta página de Internet. O etracker é um serviço de análise web. A análise web consiste na recolha, compilação e avaliação de dados sobre o comportamento dos visitantes das páginas de Internet. Um serviço de análise web recolhe, entre outros, dados sobre a partir de que página de Internet um titular de dados chegou a uma página de Internet (os chamados referenciadores), que subpáginas da página de Internet foram acedidas ou com que frequência e durante quanto tempo foi visualizada uma subpágina. Uma análise web é utilizada principalmente para a otimização de uma página de Internet e para a análise de custo-benefício da publicidade na Internet.

A empresa de exploração do etracker é a etracker GmbH, Erste Brunnenstraße 1, 20459 Hamburgo, Alemanha.

O etracker coloca um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados. A explicação do que são os cookies já foi acima realizada. Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do etracker, o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do etracker para transmitir dados para finalidades de marketing e otimização ao etracker. No âmbito deste processo técnico, o etracker obtém conhecimento de dados que serão utilizados posteriormente para a criação de perfis de utilização pseudónimos. Os perfis de utilização assim obtidos servem para analisar o comportamento do titular dos dados, que acedeu à página de Internet do responsável pelo tratamento, e são avaliados com o objetivo de melhorar e otimizar a página de Internet. Os dados recolhidos através do componente do etracker não são utilizados sem a obtenção prévia de um consentimento separado e expresso do titular dos dados para identificar o titular dos dados. Estes dados não são adicionados aos dados pessoais nem a outros dados que contenham o mesmo pseudónimo.

O titular dos dados pode impedir, em qualquer momento, a colocação de cookies através da nossa página de Internet, conforme já acima descrito, por meio de uma definição correspondente do navegador da Internet utilizado, e opor-se assim de forma permanente à colocação de cookies. Uma tal definição do navegador da Internet utilizado também impediria a colocação de um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados por parte do etracker. Adicionalmente, é possível eliminar, em qualquer momento, cookies já colocados pelo etracker através do navegador da Internet ou de outros programas de software.

Além disso, existe a possibilidade de o titular dos dados apresentar uma objeção a uma recolha dos dados relacionados com uma utilização desta página de Internet e gerados pelo cookie do etracker, bem como ao tratamento destes dados pelo etracker, impedindo tudo com isso relacionado. Para o efeito, o titular dos dados deve premir o botão de colocação de cookies na ligação http://www.etracker.de/privacy, definindo um cookie de "opt-out", ou seja, de exclusão. O cookie de "opt-out" (exclusão) colocado através da objeção é arquivado no sistema de tecnologia da informação utilizado pelo titular dos dados. Se os cookies forem eliminados do sistema do titular dos dados após uma objeção, este deve aceder novamente à ligação e colocar um novo cookie de "opt-out".

No entanto, com a colocação do cookie de "opt-out", existe a possibilidade de que as páginas de Internet do responsável pelo tratamento deixem de ser totalmente utilizáveis para o titular dos dados.

É possível aceder aos regulamentos de proteção de dados vigentes do etracker em https://www.etracker.com/en/data-privacy/.

15. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Facebook

O responsável pelo tratamento integrou componentes da empresa Facebook nesta página de Internet. O Facebook é uma rede social.

Uma rede social é um ponto de encontro social operado na Internet, uma comunidade online, que normalmente permite aos utilizadores comunicar entre si e interagir no espaço virtual. Uma rede social pode servir como plataforma para o intercâmbio de opiniões e experiências, ou permite à comunidade da Internet disponibilizar informações pessoais ou relativas a empresas. O Facebook permite aos utilizadores da rede social, entre outras coisas, a criação de perfis privados, o carregamento de fotografias e um estabelecimento de contactos através de pedidos de amizade.

A empresa de exploração do Facebook é a Facebook, Inc., 1 Hacker Way, Menlo Park, CA 94025, EUA. Se um titular de dados viver fora dos EUA ou do Canadá, o responsável pelo tratamento de dados pessoais é a Facebook Ireland Ltd., 4 Grand Canal Square, Grand Canal Harbour, Dublin 2, Irlanda.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Facebook (plug-in do Facebook), o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Facebook para transferir uma apresentação do respetivo componente do Facebook a partir do Facebook. É possível aceder a uma visão geral completa de todos os plug-ins do Facebook em https://developers.facebook.com/docs/plugins/. No âmbito deste processo técnico, o Facebook obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no Facebook, o Facebook reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo componente do Facebook e atribuídas à respetiva conta de Facebook do titular dos dados pelo Facebook. Se o titular dos dados premir um dos botões do Facebook integrados na nossa página de Internet, por exemplo, o botão "Gosto", ou se o mesmo fizer um comentário, o Facebook atribui esta informação à conta de utilizador de Facebook pessoal do titular dos dados e guarda estes dados pessoais.

Através do componente do Facebook, o Facebook recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no Facebook enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no componente do Facebook. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao Facebook por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de Facebook antes de uma visita à nossa página de Internet.

A política de dados publicada pelo Facebook, acessível em https://www.facebook.com/about/privacy/, informa sobre a recolha, o tratamento e a utilização de dados pessoais pelo Facebook. Além disso, é aí explicado que opções de definições o Facebook oferece para a proteção da privacidade do titular dos dados. Adicionalmente, estão disponíveis diferentes aplicações que permitem impedir uma transmissão de dados para o Facebook, tais como, por exemplo, o bloqueador de Facebook do fornecedor Webgraph. Estas aplicações podem ser utilizadas pelo titular dos dados para impedir uma transmissão de dados para o Facebook.

Medição de conversão com o píxel de ação de visitante do Facebook

Com o seu consentimento, que concedeu como se segue,

"Concordo com a utilização do píxel de ação de visitante do Facebook",

ativamos, dentro do nosso site, o "píxel de ação de visitante" da

Facebook Inc.
1601 S. California Ave,
Palo Alto, CA 94304, EUA
("Facebook").

Desta forma, o comportamento dos utilizadores pode ser rastreado depois de estes terem sido encaminhados para o website do fornecedor através de um clique num anúncio do Facebook. Este processo serve para avaliar a eficácia dos anúncios do Facebook para fins estatísticos e de pesquisa de mercado, e pode contribuir para otimizar futuras medidas de publicidade.

Os dados recolhidos são anónimos para nós, não nos oferecendo assim conclusões sobre a identidade dos utilizadores. No entanto, os dados são guardados e tratados pelo Facebook para que seja possível uma ligação ao respetivo perfil de utilizador, e o Facebook possa utilizar os dados para os seus próprios fins publicitários de acordo com a política de utilização de dados do Facebook (https://www.facebook.com/about/privacy/). Pode permitir ao Facebook e aos seus parceiros a apresentação de anúncios dentro e fora do Facebook. Pode também ser guardado um cookie no seu computador para estes fins.

Um consentimento para a utilização do píxel de ação de visitante pode apenas ser declarado por utilizadores com mais de 13 anos de idade. Se tiver uma idade inferior, solicitamos-lhe que peça autorização aos seus pais/tutores legais.

Clique aqui se pretender revogar o seu consentimento: https://www.facebook.com/ads/website_custom_audiences/

Desabilitar facebook pixel

16. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização de imagens da Getty Images

O responsável pelo tratamento integrou componentes da empresa Getty Images nesta página de Internet. A Getty Images é uma agência de imagens americana. Uma agência de imagens é uma empresa que oferece imagens e outro material de imagens no mercado. Normalmente, as agências de imagens comercializam fotografias, ilustrações e filmagens. Através de uma agência de imagens, os diferentes clientes, em particular, os operadores de páginas de Internet, as redações de imprensa escrita e de televisão e as agências de publicidade, licenciam as imagens por si utilizadas.

A empresa de exploração dos componentes da Getty Images é a Getty Images International, 1st Floor, The Herbert Building, The Park, Carrickmines, Dublin 18, Irlanda.

A Getty Images permite a incorporação (conforme o caso, gratuita) de imagens em stock. A incorporação consiste na inserção ou integração de um conteúdo externo específico, como, por exemplo, dados de texto, vídeo ou imagem, que é disponibilizado por uma página de Internet externa e depois aparece na própria página de Internet. Para a incorporação, é utilizado um chamado código de incorporação. Um código de incorporação é um código HTML que é integrado por um operador de páginas de Internet numa página de Internet. Se tiver sido integrado um código de incorporação por um operador de páginas de Internet, os conteúdos externos da outra página de Internet são normalmente apresentados de imediato, logo que seja visitada uma página de Internet. Para a apresentação dos conteúdos externos, os conteúdos externos são carregados diretamente da outra página de Internet. A Getty Images disponibiliza informações adicionais sobre a incorporação de conteúdos na ligação https://www.gettyimages.pt/resources/embed.

Através da implementação técnica do código de incorporação, que permite a apresentação de imagens da Getty Images, o endereço IP da ligação à Internet, através da qual o titular dos dados acede à nossa página de Internet, é transmitido à Getty Images. Além disso, a Getty Images regista a nossa página de Internet, o tipo de navegador utilizado, o idioma do navegador, e o momento e a duração do acesso. A Getty Images pode ainda registar informações de navegação, que são informações sobre quais das nossas subpáginas foram visitadas pelo titular dos dados e que ligações foram clicadas, bem como outras interações que o titular dos dados tenha realizado durante a visita à nossa página de Internet. Estes dados podem ser guardados e analisados pela Getty Images.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes da Getty Images em https://www.gettyimages.pt/company/privacy-policy.

17. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Google AdSense

O responsável pelo tratamento integrou o Google AdSense nesta página de Internet. O Google AdSense é um serviço online através do qual é permitido um posicionamento de publicidade em páginas de terceiros. O Google AdSense baseia-se num algoritmo que seleciona os anúncios apresentados nas páginas de terceiros em conformidade com os conteúdos da respetiva página de terceiros. O Google AdSense permite uma focalização ("targeting") baseada em interesses do utilizador da Internet, que é implementada por meio da geração de perfis de utilizador individuais.

A empresa de exploração do componente do Google AdSense é a Alphabet Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

O objetivo do componente do Google AdSense é a inserção de anúncios na nossa página de Internet. O Google AdSense coloca um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados. A explicação do que são os cookies já foi acima realizada. A colocação do cookie permite à Alphabet Inc. realizar uma análise da utilização da nossa página de Internet. Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Google AdSense, o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Google AdSense para transmitir dados para efeitos de publicidade online e liquidação de comissões à Alphabet Inc. No âmbito deste processo técnico, a Alphabet Inc. obtém conhecimento de dados pessoais, tais como o endereço IP do titular dos dados, que servem, entre outras coisas, para a Alphabet Inc. compreender a origem dos visitantes e cliques, e permitir posteriormente as liquidações de comissões.

O titular dos dados pode impedir, em qualquer momento, a colocação de cookies através da nossa página de Internet, conforme já acima descrito, por meio de uma definição correspondente do navegador da Internet utilizado, e opor-se assim de forma permanente à colocação de cookies. Uma tal definição do navegador da Internet utilizado também impediria a colocação de um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados por parte da Alphabet Inc. Além disso, é possível eliminar, em qualquer momento, um cookie já colocado pela Alphabet Inc. através do navegador da Internet ou de outros programas de software.

O Google AdSense utiliza também os chamados píxeis de rastreamento ("tracking pixels"). Um píxel de rastreamento é um gráfico em miniatura, incorporado nas páginas de Internet, para permitir um registo e uma análise de ficheiros de registo, por meio dos quais é possível realizar uma avaliação estatística. Com base no píxel de rastreamento incorporado, a Alphabet Inc. pode identificar se e quando foi aberta uma página de Internet por um titular de dados, e que ligações foram clicadas pelo mesmo. Os píxeis de rastreamento servem, entre outras coisas, para analisar o fluxo de visitantes de uma página de Internet.

Através do Google AdSense, são transmitidos à Alphabet Inc., nos Estados Unidos da América, dados e informações pessoais, o que também inclui o endereço IP, e que são necessários para o registo e a liquidação dos anúncios apresentados. Estes dados pessoais são guardados e tratados nos Estados Unidos da América. A Alphabet Inc. pode eventualmente transmitir estes dados pessoais, recolhidos através do processo técnico, a terceiros.

O Google AdSense é explicado de forma mais precisa na ligação https://www.google.pt/intl/pt/adsense/start/.

18. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Google Analytics (com função de anonimização)

O responsável pelo tratamento integrou o componente do Google Analytics (com função de anonimização) nesta página de Internet. O Google Analytics é um serviço de análise web. A análise web consiste na recolha, compilação e avaliação de dados sobre o comportamento dos visitantes das páginas de Internet. Um serviço de análise web recolhe, entre outros, dados sobre a partir de que página de Internet um titular de dados chegou a uma página de Internet (os chamados referenciadores), que subpáginas da página de Internet foram acedidas ou com que frequência e durante quanto tempo foi visualizada uma subpágina. Uma análise web é utilizada principalmente para a otimização de uma página de Internet e para a análise de custo-benefício da publicidade na Internet.

A empresa de exploração do componente do Google Analytics é a Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

O responsável pelo tratamento utiliza o aplicativo "_gat._anonymizeIp" para a análise web através do Google Analytics. Através deste aplicativo, o endereço IP da ligação à Internet do titular dos dados é abreviado e anonimizado pelo Google, se o acesso às nossas páginas de Internet for realizado a partir de um Estado-Membro da União Europeia ou a partir de outro Estado Contratante do Acordo sobre o Espaço Económico Europeu.

O objetivo do componente do Google Analytics é analisar o tráfego na nossa página de Internet. A Google utiliza os dados e informações obtidos, entre outras coisas, para avaliar a utilização da nossa página de Internet com vista a elaborar, para nós, relatórios online que mostrem as atividades nas nossas páginas de Internet, e para proporcionar outros serviços associados à utilização da nossa página de Internet.

O Google Analytics coloca um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados. A explicação do que são os cookies já foi acima realizada. A colocação do cookie permite à Google realizar uma análise da utilização da nossa página de Internet. Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Google Analytics, o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Google Analytics para transmitir dados para efeitos de uma análise online à Google. No âmbito deste processo técnico, a Google obtém conhecimento de dados pessoais, tais como o endereço IP do titular dos dados, que servem, entre outras coisas, para a Google compreender a origem dos visitantes e cliques, e permitir posteriormente as liquidações de comissões.

Através do cookie, são guardadas informações pessoais, tais como, por exemplo, o tempo de acesso, o local a partir do qual foi realizado um acesso e a frequência das visitas à nossa página de Internet por parte do titular dos dados. Em todas as visitas às nossas páginas de Internet, são transmitidos à Google, nos Estados Unidos da América, estes dados pessoais, incluindo o endereço IP da ligação à Internet utilizada pelo titular dos dados. Estes dados pessoais são guardados pela Google nos Estados Unidos da América. A Google pode eventualmente transmitir estes dados pessoais, recolhidos através do processo técnico, a terceiros.

O titular dos dados pode impedir, em qualquer momento, a colocação de cookies através da nossa página de Internet, conforme já acima descrito, por meio de uma definição correspondente do navegador da Internet utilizado, e opor-se assim de forma permanente à colocação de cookies. Uma tal definição do navegador da Internet utilizado também impediria a colocação de um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados por parte do Google. Adicionalmente, é possível eliminar, em qualquer momento, um cookie já colocado pelo Google Analytics através do navegador da Internet ou de outros programas de software.

Além disso, existe a possibilidade de o titular dos dados apresentar uma objeção a uma recolha dos dados relacionados com uma utilização desta página de Internet e gerados pelo Google Analytics, bem com ao tratamento destes dados pela Google, impedindo tudo com isso relacionado. Para o efeito, o titular dos dados deve transferir e instalar um complemento, ou seja, um "add-on" do navegador através da ligação https://tools.google.com/dlpage/gaoptout. Este "add-on" do navegador comunica ao Google Analytics, através de JavaScript, que nenhuns dados e informações sobre as visitas às páginas de Internet podem ser transmitidos ao Google Analytics. A instalação do "add-on" do navegador é classificada pelo Google como uma objeção. Se o sistema de tecnologia da informação do titular dos dados for posteriormente eliminado, formatado ou novamente instalado, o titular dos dados deve realizar uma nova instalação do "add-on" do navegador para desativar o Google Analytics. Se o "add-on" do navegador for desinstalado ou desativado pelo titular dos dados ou por outra pessoa que seja atribuível à sua esfera de competência, existe a possibilidade de uma nova instalação ou de uma nova ativação do "add-on" do navegador.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes da Google em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-PT e em https://www.google.com/analytics/terms/pt.html. O Google Analytics é explicado de forma mais precisa na ligação https://www.google.com/intl/pt_pt/analytics/.

19. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Google Remarketing

O responsável pelo tratamento integrou serviços do Google Remarketing nesta página de Internet. O Google Remarketing é uma função do Google AdWords que permite a uma empresa mostrar publicidade aos utilizadores da Internet que visitaram previamente a página de Internet da empresa. A integração do Google Remarketing permite assim a uma empresa criar publicidade relacionada com o utilizador e mostrar, consequentemente, anúncios relevantes em termos de interesses ao utilizador da Internet.

A empresa de exploração dos serviços do Google Remarketing é a Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

O objetivo do Google Remarketing é a apresentação de publicidade relevante em termos de interesses. O Google Remarketing permite-nos mostrar anúncios através da rede de publicidade do Google ou noutras páginas de Internet, que estão conjugadas com as necessidades e os interesses individuais dos utilizadores da Internet.

O Google Remarketing coloca um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados. A explicação do que são os cookies já foi acima realizada. A colocação do cookie permite ao Google realizar um reconhecimento do visitante da nossa página de Internet, se este aceder posteriormente às páginas de Internet que também são afiliadas da rede de publicidade do Google. Em todas as visitas a uma página de Internet, na qual foi integrado o serviço do Google Remarketing, o navegador da Internet do titular dos dados é automaticamente identificado pela Google. No âmbito deste processo técnico, a Google obtém conhecimento de dados pessoais, tais como o endereço IP ou o comportamento de navegação do utilizador, que a Google utiliza, entre outras coisas, para a apresentação de publicidade relevante em termos de interesses.

Através do cookie, são guardadas informações pessoais como, por exemplo, as páginas de Internet visitadas pelo titular dos dados. Em todas as visitas às nossas páginas de Internet, são assim transmitidos à Google, nos Estados Unidos da América, dados pessoais, incluindo o endereço IP da ligação à Internet utilizada pelo titular dos dados. Estes dados pessoais são guardados pela Google nos Estados Unidos da América. A Google pode eventualmente transmitir estes dados pessoais, recolhidos através do processo técnico, a terceiros.

O titular dos dados pode impedir, em qualquer momento, a colocação de cookies através da nossa página de Internet, conforme já acima descrito, por meio de uma definição correspondente do navegador da Internet utilizado, e opor-se assim de forma permanente à colocação de cookies. Uma tal definição do navegador da Internet utilizado também impediria a colocação de um cookie no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados por parte do Google. Adicionalmente, é possível eliminar, em qualquer momento, um cookie já colocado pelo Google Analytics através do navegador da Internet ou de outros programas de software.

Além disso, existe a possibilidade de o titular dos dados apresentar uma objeção à publicidade relacionada com os interesses apresentada pelo Google. Para o efeito, o titular dos dados deve aceder, a partir de cada navegador da Internet utilizado, à ligação www.google.de/settings/ads e realizar aí as definições pretendidas.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes da Google em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-PT.

20. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Google+

O responsável pelo tratamento integrou o botão do Google+ como um componente nesta página de Internet. O Google+ é uma chamada rede social. Uma rede social é um ponto de encontro social operado na Internet, uma comunidade online, que normalmente permite aos utilizadores comunicar entre si e interagir no espaço virtual. Uma rede social pode servir como plataforma para o intercâmbio de opiniões e experiências, ou permite à comunidade da Internet disponibilizar informações pessoais ou relativas a empresas. O Google+ permite aos utilizadores da rede social, entre outras coisas, a criação de perfis privados, o carregamento de fotografias e um estabelecimento de contactos através de pedidos de amizade.

A empresa de exploração do Google+ é a Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um botão do Google+, o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo botão do Google+ para transferir uma apresentação do respetivo botão do Google+ a partir do Google. No âmbito deste processo técnico, a Google obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. É possível aceder a informações mais precisas sobre o Google+ em https://developers.google.com/+/.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no Google+, o Google reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo botão do Google+ e atribuídas à respetiva conta de Google+ do titular dos dados pelo Google.

Se o titular dos dados premir um dos botões do Google+ integrados na nossa página de Internet e realizar assim uma recomendação Google+1, o Google atribui esta informação à conta de utilizador de Google+ pessoal do titular dos dados e guarda estes dados pessoais. O Google guarda a recomendação Google+1 do titular dos dados e torna-a pública de acordo com as condições aceites a este respeito pelo titular dos dados. Uma recomendação Google+1 efetuada pelo titular dos dados nesta página de Internet, juntamente com outros dados pessoais, tais como o nome da conta Google+1 utilizada pelo titular dos dados e a fotografia guardada, será posteriormente guardada e tratada noutros serviços Google, por exemplo, os resultados do motor de busca Google, a conta Google do titular dos dados ou noutros locais, nomeadamente em páginas de Internet ou no contexto de anúncios. Além disso, o Google é capaz de ligar a visita a esta página de Internet a outros dados pessoais guardados pela Google. A Google regista também estas informações pessoais com o objetivo de melhorar ou otimizar os diferentes serviços Google.

Através do botão do Google+, a Google recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no Google+ enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no botão do Google+.

Se não for pretendida uma transmissão de dados pessoais à Google por parte do titular dos dados, este pode evitar uma tal transmissão ao terminar a sessão na sua conta de Google+ antes de uma visita à nossa página de Internet.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes da Google em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-PT. É possível aceder a outras indicações da Google sobre o botão do Google+1 em https://developers.google.com/+/web/buttons-policy/.

21. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Google AdWords

O responsável pelo tratamento integrou o Google AdWords nesta página de Internet. O Google AdWords é um serviço para a publicidade na Internet, que permite a anunciantes apresentar tanto anúncios nos resultados do motor de busca Google como também na rede de publicidade do Google. O Google AdWords permite a um anunciante determinar previamente palavras-chave específicas, através das quais é então apresentado exclusivamente um anúncio nos resultados do motor de busca Google se o utilizador aceder a um resultado de pesquisa relevante em termos da palavra-chave com o motor de busca. Na rede de publicidade do Google, os anúncios são distribuídos, por meio de um algoritmo automático e tendo em conta as palavras-chave previamente determinadas, pelas páginas de Internet relevantes em termos de temas.

A empresa de exploração dos serviços do Google AdWords é a Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

O objetivo do Google AdWords é a promoção da nossa página de Internet, através da apresentação de publicidade relevante em termos de interesses nas páginas de Internet de empresas terceiras e nos resultados do motor de busca Google, e uma apresentação de publicidade de terceiros na nossa página de Internet.

Se um titular de dados chegar à nossa página de Internet através de um anúncio do Google, é arquivado um chamado cookie de conversão no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados pelo Google. A explicação do que são os cookies já foi acima realizada. Um cookie de conversão perde a sua validade após trinta dias e não serve para a identificação do titular dos dados. O cookie de conversão permite compreender, desde que o cookie ainda não tenha expirado, se foram acedidas subpáginas específicas, por exemplo, o carrinho de compras de um sistema de loja online, na nossa página de Internet. O cookie de conversão permite compreender tanto a nós como também à Google se um titular de dados, que chegou à nossa página de Internet através de um anúncio do AdWords, gerou vendas, ou seja, se realizou ou cancelou uma compra de bens.

Os dados e informações recolhidos através da utilização do cookie de conversão são utilizados pela Google para criar estatísticas de visitas para a nossa página de Internet. Estas estatísticas de visitas são por sua vez utilizadas por nós para determinar o número total dos utilizadores que foram encaminhados para nós através de anúncios do AdWords, ou seja, para determinar o sucesso ou insucesso do respetivo anúncio do AdWords e otimizar os nossos anúncios do AdWords no futuro. Nem a nossa empresa nem outros clientes anunciantes do Google AdWords recebem informações da Google através das quais poderia ser possível identificar o titular dos dados.

Através do cookie de conversão, são guardadas informações pessoais como, por exemplo, as páginas de Internet visitadas pelo titular dos dados. Em todas as visitas às nossas páginas de Internet, são assim transmitidos à Google, nos Estados Unidos da América, dados pessoais, incluindo o endereço IP da ligação à Internet utilizada pelo titular dos dados. Estes dados pessoais são guardados pela Google nos Estados Unidos da América. A Google pode eventualmente transmitir estes dados pessoais, recolhidos através do processo técnico, a terceiros.

O titular dos dados pode impedir, em qualquer momento, a colocação de cookies através da nossa página de Internet, conforme já acima descrito, por meio de uma definição correspondente do navegador da Internet utilizado, e opor-se assim de forma permanente à colocação de cookies. Uma tal definição do navegador da Internet utilizado também impediria a colocação de um cookie de conversão no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados por parte do Google. Adicionalmente, é possível eliminar, em qualquer momento, um cookie já colocado pelo Google AdWords através do navegador da Internet ou de outros programas de software.

Além disso, existe a possibilidade de o titular dos dados apresentar uma objeção à publicidade relacionada com os interesses apresentada pelo Google. Para o efeito, o titular dos dados deve aceder, a partir de cada navegador da Internet utilizado, à ligação www.google.de/settings/ads e realizar aí as definições pretendidas.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes da Google em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-PT.

22. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Instagram

O responsável pelo tratamento integrou componentes do serviço de Instagram nesta página de Internet. O Instagram é um serviço que deve ser classificado como uma plataforma audiovisual e permite aos utilizadores a partilha de fotografias e vídeos e ainda uma divulgação de tais dados noutras redes sociais.

A empresa de exploração dos serviços do Instagram é a Instagram LLC, 1 Hacker Way, Building 14 First Floor, Menlo Park, CA, EUA.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Instagram (botão do Insta), o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Instagram para transferir uma apresentação do respetivo componente a partir do Instagram. No âmbito deste processo técnico, o Instagram obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no Instagram, o Instagram reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo componente do Instagram e atribuídas à respetiva conta de Instagram do titular dos dados pelo Instagram. Se o titular dos dados premir um dos botões do Instagram integrados na nossa página de Internet, os dados e informações assim transmitidos são atribuídos à conta de utilizador de Instagram pessoal do titular dos dados, sendo guardados e tratados pelo Instagram.

Através do componente do Instagram, o Instagram recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no Instagram enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no componente do Instagram. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao Instagram por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de Instagram antes de uma visita à nossa página de Internet.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes do Instagram em https://help.instagram.com/155833707900388 e em https://www.instagram.com/about/legal/privacy/.

23. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do LinkedIn

O responsável pelo tratamento integrou componentes da LinkedIn Corporation nesta página de Internet. O LinkedIn é uma rede social baseada na Internet que permite uma ligação dos utilizadores a contactos comerciais existentes e a realização de novos contactos comerciais. Mais de 400 milhões de pessoas registadas utilizam o LinkedIn em mais de 200 países. Desta forma, o LinkedIn é atualmente a maior plataforma para contactos comerciais e uma das páginas de Internet mais visitadas do mundo.

A empresa de exploração do LinkedIn é a LinkedIn Corporation, 2029 Stierlin Court Mountain View, CA 94043, EUA. Para questões de proteção de dados fora dos EUA, é responsável a LinkedIn Ireland, Privacy Policy Issues, Wilton Plaza, Wilton Place, Dublin 2, Irlanda.

Em cada acesso individual à nossa página de Internet, onde está integrado um componente do LinkedIn (plug-in do LinkedIn), este componente aciona a transferência de uma respetiva apresentação do componente a partir do LinkedIn por parte do navegador utilizado pelo titular dos dados. É possível aceder a informações adicionais sobre os plug-ins do LinkedIn em https://developer.linkedin.com/plugins. No âmbito deste processo técnico, o LinkedIn obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no LinkedIn, o LinkedIn reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo componente do LinkedIn e atribuídas à respetiva conta de LinkedIn do titular dos dados pelo LinkedIn. Se o titular dos dados premir um botão do LinkedIn integrado na nossa página de Internet, o LinkedIn atribui esta informação à conta de utilizador de LinkedIn pessoal do titular dos dados e guarda estes dados pessoais.

Através do componente do LinkedIn, o LinkedIn recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no LinkedIn enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no componente do LinkedIn. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao LinkedIn por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de LinkedIn antes de uma visita à nossa página de Internet.

O LinkedIn oferece a possibilidade de anular a subscrição de mensagens de e-mail, mensagens SMS e anúncios específicos, bem como a possibilidade de gerir as definições dos anúncios, em https://www.linkedin.com/psettings/guest-controls. O LinkedIn colabora também com parceiros como Quantcast, Google Analytics, BlueKai, DoubleClick, Nielsen, Comscore, Eloqua e Lotame, que podem colocar cookies. É possível rejeitar tais cookies em https://www.linkedin.com/legal/cookie-policy. É possível aceder aos regulamentos de proteção de dados vigentes do LinkedIn em https://www.linkedin.com/legal/privacy-policy. É possível aceder à política de cookies do LinkedIn em https://www.linkedin.com/legal/cookie-policy.

24. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Pinterest

O responsável pelo tratamento integrou componentes da Pinterest Inc. nesta página de Internet. O Pinterest é uma chamada rede social. Uma rede social é um ponto de encontro social operado na Internet, uma comunidade online, que normalmente permite aos utilizadores comunicar entre si e interagir no espaço virtual. Uma rede social pode servir como plataforma para o intercâmbio de opiniões e experiências, ou permite à comunidade da Internet disponibilizar informações pessoais ou relativas a empresas. O Pinterest permite aos utilizadores da rede social, entre outras coisas, publicar coleções de imagens, imagens individuais e descrições em álbuns virtuais (ou seja, colocar um pin), que podem depois ser, por sua vez, partilhadas (ou seja, partilhar um pin) ou comentadas por outros utilizadores.

A empresa de exploração do Pinterest é a Pinterest Inc., 808 Brannan Street, São Francisco, CA 94103, EUA.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Pinterest (plug-in do Pinterest), o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Pinterest para transferir uma apresentação do respetivo componente do Pinterest a partir do Pinterest. É possível aceder a mais informações sobre o Pinterest em https://pinterest.com/. No âmbito deste processo técnico, o Pinterest obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no Pinterest, o Pinterest reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo componente do Pinterest e atribuídas à respetiva conta de Pinterest do titular dos dados pelo Pinterest. Se o titular dos dados premir um botão do Pinterest integrado na nossa página de Internet, o Pinterest atribui esta informação à conta de utilizador de Pinterest pessoal do titular dos dados e guarda estes dados pessoais.

Através do componente do Pinterest, o Pinterest recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no Pinterest enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no componente do Pinterest. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao Pinterest por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de Pinterest antes de uma visita à nossa página de Internet.

A política de proteção de dados publicada pelo Pinterest, acessível em https://policy.pinterest.com/pt-pt/privacy-policy/, informa sobre a recolha, o tratamento e a utilização de dados pessoais pelo Pinterest.

25. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Shariff

O responsável pelo tratamento integrou o componente do Shariff nesta página de Internet. O componente do Shariff disponibiliza botões de rede social que estão em conformidade com a proteção de dados. O Shariff foi desenvolvido para a revista alemã de informática c't e é publicado através da GitHub, Inc.

O criador do componente é a GitHub, Inc. 88 Colin P. Kelly Junior Street, São Francisco, CA 94107, EUA.

Normalmente, as soluções de botão disponibilizadas pelas redes sociais já transmitem dados pessoais à respetiva rede social quando um utilizador visita uma página de Internet na qual foi integrado um botão de rede social. Através da utilização do componente do Shariff, os dados pessoais só são transmitidos às redes sociais quando o visitante prime ativamente um dos botões de rede social de uma página de Internet. São disponibilizadas informações adicionais sobre o componente do Shariff pela revista informática c't em http://www.heise.de/newsticker/meldung/Datenschutz-und-Social-Media-Der-c-t-Shariff-ist-im-Einsatz-2470103.html. A utilização do componente do Shariff tem como objetivo proteger os dados pessoais dos visitantes da nossa página de Internet e permitir-nos simultaneamente integrar uma solução de botão para redes sociais nesta página de Internet.

É possível aceder a informações adicionais e aos regulamentos de proteção de dados vigentes da GitHub em https://help.github.com/articles/github-privacy-policy/.

26. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Twitter

O responsável pelo tratamento integrou componentes do Twitter nesta página de Internet. O Twitter é um serviço de microblogue publicamente disponível e multilingue, no qual os utilizadores podem publicar e divulgar os chamados tweets, ou seja, mensagens curtas limitadas a 140 caracteres. Todos podem aceder a estas mensagens curtas, incluindo as pessoas não registadas no Twitter. Os tweets também são apresentados aos chamados seguidores do respetivo utilizador. Os seguidores são outros utilizadores do Twitter que seguem os tweets de um utilizador. Além disso, o Twitter permite dirigir-se a uma vasta audiência através de hashtags, ligações ou retweets.

A empresa de exploração do Twitter é a Twitter, Inc., 1355 Market Street, Suite 900, São Francisco, CA 94103, EUA.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Twitter (botão do Twitter), o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Twitter para transferir uma apresentação do respetivo componente do Twitter a partir do Twitter. É possível aceder a informações adicionais sobre os botões do Twitter em https://about.twitter.com/de/resources/buttons. No âmbito deste processo técnico, o Twitter obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. O objetivo da integração do componente do Twitter é permitir aos nossos utilizadores uma divulgação dos conteúdos desta página de Internet, tornar pública esta página de Internet no mundo digital e aumentar os nossos números de visitantes.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no Twitter, o Twitter reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo componente do Twitter e atribuídas à respetiva conta de Twitter do titular dos dados pelo Twitter. Se o titular dos dados premir um dos botões do Twitter integrados na nossa página de Internet, os dados e informações assim transmitidos são atribuídos à conta de utilizador de Twitter pessoal do titular dos dados, sendo guardados e tratados pelo Twitter.

Através do componente do Twitter, o Twitter recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no Twitter enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no componente do Twitter. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao Twitter por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de Twitter antes de uma visita à nossa página de Internet.

É possível aceder aos regulamentos de proteção de dados vigentes do Twitter em https://twitter.com/privacy?lang=pt.

27. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do Xing

O responsável pelo tratamento integrou componentes do Xing nesta página de Internet. O Xing é uma rede social baseada na Internet que permite a ligação dos utilizadores a contactos comerciais existentes e a realização de novos contactos comerciais. Os utilizadores individuais podem criar um perfil pessoal no Xing. As empresas podem, por exemplo, criar perfis de empresas ou publicar ofertas de trabalho no Xing.

A empresa de exploração do Xing é a XING AG, Dammtorstraße 30, 20354 Hamburgo, Alemanha.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do Xing (plug-in do Xing), o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do Xing para transferir uma apresentação do respetivo componente do Xing a partir do Xing. É possível aceder a informações adicionais sobre os plug-ins do Xing em https://dev.xing.com/plugins. No âmbito deste processo técnico, o Xing obtém conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no Xing, o Xing reconhece em cada visita à nossa página de Internet por parte do titular dos dados, e durante toda a duração da respetiva visita à nossa página de Internet, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo componente do Xing e atribuídas à respetiva conta de Xing do titular dos dados pelo Xing. Se o titular dos dados premir um dos botões do Xing integrados na nossa página de Internet, por exemplo o botão "Share", o Xing atribui esta informação à conta de utilizador de Xing pessoal do titular dos dados e guarda estes dados pessoais.

Através do componente do Xing, o Xing recebe sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no Xing enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não no componente do Xing. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao Xing por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de Xing antes de uma visita à nossa página de Internet.

Os regulamentos de proteção de dados publicados pelo Xing, acessíveis em https://www.xing.com/privacy, informam sobre a recolha, o tratamento e a utilização de dados pessoais pelo Xing. Além disso, o Xing publicou informações sobre a proteção de dados relativamente ao botão "Share" do XING em https://www.xing.com/app/share?op=data_protection.

28. Regulamentos de proteção de dados sobre a aplicação e utilização do YouTube

O responsável pelo tratamento integrou componentes do YouTube nesta página de Internet. O YouTube é um portal de vídeos da Internet que permite aos publicadores de vídeos a colocação gratuita de videoclipes e a outros utilizadores a visualização, avaliação e realização de comentários também gratuitas destes. O YouTube permite a publicação de todos os tipos de vídeos, pelo que estão acessíveis tanto filmes e programas de televisão completos, como também vídeos de música, trailers ou vídeos realizados pelos próprios utilizadores através do portal de Internet.

A empresa de exploração do YouTube é a YouTube, LLC, 901 Cherry Ave., San Bruno, CA 94066, EUA. A empresa YouTube, LLC é uma subsidiária da Google Inc., 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043-1351, EUA.

Através de cada visita a uma das páginas individuais desta página de Internet, que é operada pelo responsável pelo tratamento e na qual foi integrado um componente do YouTube (vídeo do YouTube), o navegador da Internet no sistema de tecnologia da informação do titular dos dados é automaticamente acionado pelo respetivo componente do YouTube para transferir uma apresentação do respetivo componente do YouTube a partir do YouTube. É possível aceder a informações adicionais sobre o YouTube em https://www.youtube.com/intl/PT-pt/yt/about/. No âmbito deste processo técnico, o YouTube e a Google obtêm conhecimento sobre que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados.

Se o titular dos dados tiver sessão iniciada ao mesmo tempo no YouTube, o YouTube reconhece com a visita a uma subpágina, que contém um vídeo do YouTube, que subpágina específica da nossa página de Internet é visitada pelo titular dos dados. Estas informações são recolhidas pelo YouTube e pela Google e atribuídas à respetiva conta de YouTube do titular dos dados.

Através do componente do YouTube, o YouTube e a Google recebem sempre uma informação sobre se o titular dos dados visitou a nossa página de Internet caso este tenha a sua sessão iniciada ao mesmo tempo no YouTube enquanto visita a nossa página de Internet; tal ocorre independentemente do facto de o titular dos dados clicar ou não num vídeo do YouTube. Se não for pretendida uma tal transmissão destas informações ao YouTube e à Google por parte do titular dos dados, este pode evitar a transmissão ao terminar a sessão na sua conta de YouTube antes de uma visita à nossa página de Internet.

Os regulamentos de proteção de dados publicados pelo YouTube, acessíveis em https://policies.google.com/privacy?hl=pt-PT, informam sobre a recolha, o tratamento e a utilização de dados pessoais pelo YouTube e pela Google.

29. Método de pagamento: regulamentos de proteção de dados sobre o PayPal como método de pagamento

O responsável pelo tratamento integrou componentes do PayPal nesta página de Internet. O PayPal é um prestador de serviços de pagamento online. Os pagamentos são processados através das chamadas contas de PayPal que representam contas particulares ou empresariais virtuais. Além disso, existe a possibilidade de processar pagamentos virtuais através de cartões de crédito no PayPal, se um utilizador não tiver uma conta de PayPal. Uma conta de PayPal é gerida através de um endereço de e-mail, pelo que não existem os típicos números de conta. O PayPal permite proceder a pagamentos online a terceiros ou receber também pagamentos. O PayPal assume também funções de fiduciário e oferece serviços de proteção de compradores.

A empresa de exploração europeia do PayPal é a PayPal (Europe) S.à.r.l. & Cie. S.C.A., 22-24 Boulevard Royal, 2449 Luxemburgo, Luxemburgo.

Se o titular dos dados selecionar "PayPal" como método de pagamento durante o processo de encomenda na nossa loja online, os dados do titular dos dados são transmitidos de forma automatizada ao PayPal. Com a seleção desta opção de pagamento, o titular dos dados concorda com a transmissão necessária de dados pessoais para o processamento do pagamento.

Normalmente, os dados pessoais transmitidos ao PayPal incluem o nome próprio, apelido, morada, endereço de e-mail, endereço IP, número de telefone, número de telemóvel ou outros dados necessários para o processamento do pagamento. Para o processamento do contrato de compra, são também necessários dados pessoais que estejam relacionados com a respetiva encomenda.

A transmissão dos dados visa o processamento do pagamento e a prevenção de fraudes. O responsável pelo tratamento irá transmitir, em particular, dados pessoais ao PayPal no caso de existir um interesse legítimo para a transmissão. Se necessário, os dados pessoais trocados entre o PayPal e o responsável pelo tratamento serão transmitidos a agências de crédito. Esta transmissão visa as verificações de identidade e de crédito.

O PayPal transmite os dados pessoais, se necessário, a empresas afiliadas e prestadores de serviços ou empresas subcontratadas, desde que tal seja necessário para o cumprimento das obrigações contratuais ou caso os dados devam ser processados na encomenda.

O titular dos dados tem a possibilidade de revogar, em qualquer momento, o consentimento para o tratamento de dados pessoais por parte do PayPal. Uma revogação não afeta os dados pessoais que têm de ser obrigatoriamente tratados, utilizados ou transmitidos para o processamento (contratual) do pagamento.

É possível aceder aos regulamentos de proteção de dados vigentes do PayPal em https://www.paypal.com/pt/webapps/mpp/ua/privacy-full

30. Base jurídica do tratamento

O artigo 6.º (1), alínea a), do RGPD serve como base jurídica à nossa empresa para os processos de tratamento nos quais obtemos um consentimento para uma finalidade de tratamento específica. Se o tratamento de dados pessoais for necessário para o cumprimento de um contrato, cuja parte contratante é o titular dos dados, tal como é o caso, por exemplo, nos processos de tratamento que são necessários para uma entrega de bens ou a prestação de outro serviço ou contrapartida, o tratamento baseia-se no artigo 6.º (1), alínea b), do RGPD. O mesmo se aplica a tais processos de tratamento que são necessários para a realização de medidas pré-contratuais, por exemplo, nos casos de consultas sobre os nossos produtos ou serviços. Se a nossa empresa estiver sujeita a uma obrigação jurídica através da qual é necessário um tratamento de dados pessoais como, por exemplo, para o cumprimento de obrigações fiscais, o tratamento baseia-se no artigo 6.º (1), alínea c), do RGPD. Em casos raros, o tratamento de dados pessoais poderá ser necessário para proteger interesses vitais do titular dos dados ou de outra pessoa singular. Tal seria o caso, por exemplo, se um visitante fosse ferido na nossa empresa e tivessem então de ser transmitidos o seu nome, a sua idade, os seus dados de seguro de saúde ou outras informações vitais a um médico, hospital ou outros terceiros. O tratamento basear-se-ia então no artigo 6.º (1), alínea d), do RGPD. Por fim, os processos de tratamento poderiam basear-se no artigo 6.º (1), alínea f), do RGPD. Os processos de tratamento, que não são abrangidos por qualquer uma das bases jurídicas anteriormente mencionadas, baseiam-se nesta base jurídica se o tratamento for necessário para a proteção de um interesse legítimo da nossa empresa ou de um terceiro, desde que os interesses, direitos fundamentais e liberdades fundamentais do titular dos dados não se sobreponham a estes. Tais processos de tratamento são-nos assim especialmente permitidos, visto terem sido especificamente mencionados pelo legislador europeu. A este respeito, este considerou que um interesse legítimo poderia ser assumido se o titular dos dados fosse um cliente do responsável (considerando 47, frase 2 do RGPD).

31. Interesses legítimos no tratamento que são prosseguidos pelo responsável ou por um terceiro

Se o tratamento de dados pessoais se basear no artigo 6.º (1), alínea f), do RGPD, o nosso interesse legítimo consiste na realização da nossa atividade empresarial a favor do bem-estar de todos os nossos colaboradores e dos nossos acionistas.

32. Período durante o qual os dados pessoais são guardados

O critério para o período de armazenamento dos dados pessoais corresponde ao respetivo período de conservação legal. Após a expiração do período, os respetivos dados são eliminados de forma rotineira, desde que deixem de ser necessários para o cumprimento de contrato ou início de contrato.

33. Disposições legais ou contratuais para o fornecimento de dados pessoais; necessidade para a celebração de contrato; obrigação do titular dos dados de fornecer os dados pessoais; possíveis consequências do não fornecimento

Deixamos claro que o fornecimento de dados pessoais é, em parte, legalmente exigido (por exemplo, devido a disposições fiscais) ou pode também resultar das regulamentações contratuais (por exemplo, informações sobre a parte contratante). Por vezes, poderá ser necessário, para concluir um contrato, que um titular de dados nos disponibilize dados pessoais que terão de ser posteriormente tratados por nós. O titular dos dados é, por exemplo, obrigado a fornecer-nos dados pessoais quando a nossa empresa celebra um contrato com o mesmo. Um não fornecimento dos dados pessoais resultaria na impossibilidade de celebração do contrato com o titular dos dados. Antes de um fornecimento dos dados pessoais por parte do titular dos dados, o titular dos dados deve contactar o nosso responsável pela proteção de dados. O nosso responsável pela proteção de dados esclarece o titular dos dados, caso a caso, sobre se o fornecimento dos dados pessoais é legalmente ou contratualmente exigido ou se é necessário para a celebração do contrato, se existe uma obrigação de fornecer os dados pessoais e que consequências teria o não fornecimento dos dados pessoais.

34. Existência de um processo de decisão automatizado

Enquanto uma empresa responsável, renunciamos a um processo de decisão automático ou uma definição de perfis.

Esta declaração de proteção de dados foi elaborada pelo gerador da declaração de proteção de dados da Deutsche Gesellschaft für Datenschutz GmbH (DGD, Associação alemã de proteção de dados), que trabalha como responsável pela proteção de dados externo, em cooperação com a RC GmbH, que recicla computadores usados, e o escritório de advogados WILDE BEUGER SOLMECKE | Rechtsanwälte.

Share Print
uvex
SAFETY